Zika Vírus

O zika vírus é um membro da família de vírus Flaviviridae, e é transmitido por meio da atividade dos mosquitos da família Aedes, como o Aedes Aegypti e Aedes Albopictus. A ocorrência das infecções acontece em países de clima tropical, tendo seu início na Uganda, de onde vem seu nome.

A doença, conhecida como a febre do zika vírus, ou apenas doença do zika vírus, ocorre geralmente sem apresentar sintomas em seu início, podendo também apresentar sintomas que são confundidos com aqueles causados pela presença da dengue no organismo.

Como o agente transmissor também é responsável pela infecção dos seres humanos com mais doenças, como a chikungunya e a dengue, os processos de prevenção e eliminação dos focos de proliferação são extremamente importantes.

Após a ocorrência de epidemias pelo vírus, a sua prevenção tem sido cada vez mais incentivada em países como o Brasil, que teve um grande número de incidências da doença, e é possível tomar várias medidas de precaução para que, tanto o ambiente propício à reprodução do mosquito seja eliminado, quanto o contato com o mesmo que possa estar infectado.

É recomendado o uso de redes e mosquiteiros em regiões onde a incidência da doença é maior, bem como a utilização de substâncias repelentes tanto no ambiente quanto na pele, minimizando a possibilidade do contato.

É preciso também se assegurar de não manter água parada em vasos de plantas, piscinas, calhas e outros locais, pois isso pode potencializar a reprodução dos mosquitos e aumentar o risco de contração da doença.

Sintomas

As pessoas que estiverem contaminadas pelo zika vírus podem apresentar sinais de febre, embora a maioria das vezes ocorra com temperaturas baixas, em torno de 37 e 38 graus, além de vermelhidão e manchas vermelhas características na pele, que causam a sensação de coceira no indivíduo.

Um dos sintomas característicos do zika vírus no organismo são as dores nos músculos e articulações, que afetam principalmente a região das mãos e dos pés, fazendo com que também possa ocorrer inchaço nessas áreas. Sintomas como a dor de cabeça, a fadiga – notar a presença de olhos vermelhos e irritados também pode ser um dos sinais que indicam a doença.

Causas

A causa do aparecimento do zika vírus se encontra na transmissão que é realizada pelo mosquito Aedes Aegypti, que também é o inseto transmissor da dengue. Apenas uma picada do mosquito pode ser suficiente para transmitir a doença, dado que a sua saliva também contém o vírus.

As transfusões de sangue infectado também podem causar a doença, bem como já foram reportados casos onde o zika vírus foi passado através da placenta em ocorrências em mulheres grávidas, afetando também o bebê, podendo causar males como a má formação do feto e até mesmo a microcefalia.

Tratamentos

Os pacientes que buscarem ajuda médica e identificarem a presença do zika vírus passam por tratamentos que proporcionam o alívio da dor e dos demais sintomas provocados pela doença, dado que não há uma medicação específica que combata a ação do vírus no organismo.

Os medicamentos que mais são utilizados para oferecer o alívio dos sintomas são geralmente o paracetamol e a dipirona, aliviando a dor e a febre, e é absolutamente necessário manter o paciente sempre hidratado, fornecendo ao organismo a força necessária para conseguir seguir o curso da doença até que sua saúde seja recobrada.

O tempo necessário para que o vírus se instale no organismo e comece a apresentar sintomas pode variar de quatro até sete dias após a contaminação, o que significa que é necessário registrar os sintomas e estar atento à eles, principalmente ao voltar de viagens onde o contato com o agente transmissor possa ter ocorrido.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!