Diclin

Os hormônios ciproterona e o etinilestradiol estão presentes no medicamento Diclin, um contraceptivo usado para tratar doenças relacionadas a hormônios andrógenos. Os médicos costumam indicar esse medicamento para mulheres que não podem fazer uso de grandes quantidades hormonais. Por conter baixa quantidade de hormônios, o Diclin é considerado um medicamento de baixa dose.

Onde comprar mais barato?

Afim de comprar Diclin mais barato, assim como outros medicamentos, é indispensável que se faça uma pesquisa, podendo ser em farmácias físicas ou online, afim de saber qual o melhor local para fazer a compra, qual vale mais a pena. A internet é uma grande aliada do consumidor na hora dessa pesquisa, pois apresenta uma grande facilidade e faz com que o comprador economize dinheiro e tempo, na busca dos produtos que ele deseja.

Para que serve o Diclin?

Diclin é um medicamento utilizado para o tratamento de doenças relacionadas aos hormônios andrógenos produzidos pelo corpo da mulher, como acne, hirsutismo (pelos em excesso) e síndrome de ovários policísticos (SOP). Ele também é utilizado como contraceptivo oral hormonal, porém não deve ser utilizado somente para contracepção.

Preço do Diclin

Uma caixa com 21 comprimidos de Diclin costuma custar, no mercado, entre 10 e 16 reais. Pode-se encontrar online farmácias Mini Preço por cerca de 11 reais. Esse medicamento também pode ser encontrado no mercado, em uma versão com 63 comprimidos. Essa versão costuma custar entre 11 e 40 reais. Online, nas farmácias Mini preço, essa versão do medicamento costuma custar, em média, 27 reais.

Como usar o Diclin?

Quando irá iniciar o uso o Diclin, deve-se sempre esperar o primeiro dia de menstruação, e iniciar seu uso nesse dia, afim de que o efeito comece desde a primeira vez que o toma. Após isso, deve-se tomar um comprimido por dia, no mesmo horário de preferência, até o final da cartela. Após o término da cartela, deve-se fazer uma pausa de 7 dias, para que aconteça o sangramento semelhante a menstruação. No oitavo dia após o termino da cartela, deve-se iniciar uma nova, mesmo que ainda existam resquícios de sangue. Continuando dessa forma, durante todo o período que o medicamento for utilizado.

Efeitos colaterais do Diclin

O uso do Diclin pode trazer uma série de efeitos colaterais, alguns comuns, outros nem tanto. A seguir serão relatados os efeitos colaterais conhecidos. Isso não significa que todas as mulheres que utilizam esse medicamento venham a sofrer com alguma ou algumas dessas reações.

  • As reações mais comuns costumam ser náuseas, dor no abdômen, aumento de peso corporal, dor de cabeça, alteração de humor e aumento na sensibilidade das mamas.
  • As reações incomuns são vomito, diarreia, enxaqueca, retenção de líquido, aumento no volume das mamas, diminuição da libido (desejo sexual), erupção cutânea e urticária.
  • As reações raras são coágulos no sangue, diminuição da tolerância ao uso de lente de contato, reações alérgicas, diminuição de peso corporal, aumento da libido (desejo sexual), secreção saída da vagina ou das mamas e eritemas nodoso ou multiforme.
  • Algumas reações mais graves também já foram reparadas em mulheres que utilizaram esse medicamento, como trombose, derrame, aumento da pressão, aumento na gordura do sangue, alteração na tolerância a glicose, tumor de fígado, alteração nas funções do fígado, cloasma, entre outras reações.

Se qualquer um dos efeitos colaterais citados acima for percebido, ou ainda outros possíveis efeitos colaterais desconhecidos forem sentidos, um médico ginecologista deve ser procurado o mais rápido possível.

Composição do Diclin

Um comprimido de Diclin contém 2 mg de acetato de ciproterona e 0,035 mg de etinilestradiol. Excipientes: amido de milho, croscarmelose sódica, dióxido de titânio, estearato de magnésio, hipromelose, lactose, macrogol, polissorbato 80, povidona, silicona antiespumante e talco.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!

Categorias Remedios